03 February, 2011

Sim, passei os 15 minutos da viagem de volta a casa a agradecer à Rádio Comercial, pelos bilhetes para a ante-estreia - melhor do que isso, só mesmo oferecerem-me o Vasco Palmeirim na tal caixinha. Não, não me esqueci...

Ora... com a minha pessoa, pipoquinhas prontas e uma Senhora ao nosso lado que devia ser contratada para ser a companhia de TODA a gente no cinema (Sr.ª das gargalhadas e das piadas, you rock!) refastelamo-nos na bela cadeira - sendo que não chegamos com os pés ao chão, mas isso são detalhes...
Depois de alguns percalços com o som e a dobragem (sim, leram bem, os primeiros 10 minutos do filme passaram-se em Alemão - aaah! Que saudades!...) o filme "arrancou", a bem dizer, para as duas horas mais magistrais da minha vida, nos últimos tempos.

A Natália está perfeita, como sempre. A mescla no ponto certo de medo, obsessão, perfeição e ansiedade. O corpo, as expressões, a voz, tudo trabalhado à perfeição de ficar com o estômago colado às costas e me apetecer saltar para dentro da tela a dar conselhos à bailarina, sobre como levar a sua vidinha.
Todas as outras personagens conferem (muito) mais que a carga necessária, a banda sonora aumenta a intensidade de momentos que, nas mãos de outros profissionais teriam passado por "naturais" da situação. A sensualidade do coreografo fez-me lembrar alguém, fez...

A metáfora que o filme representa, a verdade dos traumas psiquiátricos (porque a carga emocional ultrapassa o chavão "trauma psicológico"), os sintomas psicossomáticos são verdade (os últimos posso comprovar) e vivem no respirar do Cisne Negro durante todos aqueles minutos.

Nota-se muito que aconselho a ver? Pois... claro!
Mas bem calmos, preparados e de preferência, se forem pouco impressionáveis.

De resto, só acrescento que:
1- Se a Natália não ganhar o Óscar este ano, algo está rotten no reino de Hollywood;
2 - Mal possa, compro esta maravilha em DVD para ver ao meu ritmo, e não sentir que me despejaram 53.489 toneladas de emoções e sentimentos em cima dos ombros.
[Brinco, brinco, mas não imaginam como este filme me tocou e afectou... ainda tremo ao pensar, ainda tenho imagens a desfilar-me perante os olhos...]

Agora inde, correinde para o cinema mais próximo.

10 thoughts unleashed:

MRPereira said...

Queres vê-lo comigo? :)

Porque também eu ansio por esse filminho maravilha! E com a Natália e tudituditudo!

Um beijo

João(mais nada) said...

tb tou cheio de curiosidade em vê-lo

Anniiee said...

Este não é o meu género de filme preferido, mas se puder e agora que disseste que é fantástico irei vê-lo :D

ANNUNCIATA said...

Natália PERFEITA! (tal como aquelas 2 horas ;) )

Poetic GIRL said...

Vou ver se arrasto o meu primo para ver comigo, não vai ser fácil ! beijocas

Meio Cheio said...

Ai comecei a ler o post e não acabei que se escreveste spoilers não te podia perdoar xD. Quero tão desesperadamente ver o filme...querooooooooooooo!!!!
Beijo e carolo na orelha por teres visto primeiro que eu xD

pinguim said...

A Natalie tem uma rival de peso nos Óscares: Annette Bening...

Mariana marciana said...

Eu vou ver de certeza, por incrível que pareça, é o meu "menino" que não se cala com o filme... o que vale é que eu não tenho ciumes da menina Natalie ;)
Beijinho

Fatinha said...

Sim, este filme chamou-me a atenção. Gostaria de poder ver, vamos ver é se não me impressiono...demasiado. bjs
p.s tens desafio para continuar no blog da poetic girl ( acrescentar um ponto).

No Limite do Oceano said...

Já vi o filme no cinema e adorei. Confesso que estava à espera de mais paranoia no final, mas mesmo assim adorei. Ela está excelente, é daqueles filme que dá para ver não sei quantas vezes. Seria bom ver o bailado todo, do principio até ao fim :-)

 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.