28 June, 2009

Contem 18 dias...
Pois é.
Vou estar lá fora a brincar.
Com estas palavras na mente:

Na mesma rua
Da mesma cor
Passava alegre
Sorria, amor.
Amor nos olhos
Cabelo ao vento
Gestos de prata [...]

É dela o mundo [...]

Que tens na alma
[...]

Olha o mar na tarde calma

Ouve o que ele te diz [...]

E a ironia?... essa foi gira...

26 June, 2009

As I've re-read today:
"One day, one day... sooner than we expect."
With the interior riot of pain and the cold breeze of past days...

Um dia, quando a ternura for a única regra da manhã,
acordarei entre os teus braços.
A tua pele será talvez demasiado
bela e a luz compreenderá a impossível compreensão do amor.

Um dia, quando a chuva secar na memória,
quando o inverno for
tão distante,
quando o frio responder devagar com a voz arrastada
de um velho,
estarei contigo e cantarão pássaros no parapeito da
nossa janela.

Sim, cantarão pássaros, haverá flores, mas nada disso será culpa minha,
porque eu acordarei nos teus braços e não direi
nem uma palavra,
nem o principio de uma palavra,
para não
estragar a perfeição da felicidade.

A Criança em Ruínas - José Luís Peixoto


One can only hope and raise again... even with the scares of a damaged heart and Soul... I'd love it to fast-forward and get here. To these promised words.

I miss you, I need you.
I've lost you when you were never mine. And sweet words can and do hurt.
But you? I miss the butterflies and the smiles... but I don't trust you... or them. Not now, nor the same way, anymore.

24 June, 2009


A essência das relações devia ser esta...
Guarda em teu coração o meu olhar
Em teus lábios o meu primeiro beijo
Em teu corpo, meu sôfrego desejo
E dentro do teu Eu, o meu amar!
- Amordemadrugada
Do princípio ao fim...

Se bem que...
"Nunca amamos ninguém. Amamos, tão-somente, a ideia que fazemos de alguém. É a um conceito nosso - em suma, é a nós mesmos - que amamos. [Aahh pois é. Got it? Good!] Isso é verdade em toda a escala do amor. No amor sexual buscamos um prazer nosso dado por intermédio de um corpo estranho. No amor diferente do sexual, buscamos um prazer nosso dado por intermédio de uma ideia nossa."
Livro do Desassossego - Fernando Pessoa

22 June, 2009

"The hardest things in life are: to trust, to have faith and to forgive."

- Author Unknown

I think who wrote this couldn't be more right...

21 June, 2009

... rabisco aqui estas três "pérolas" construídas em conjunto com mentes igualmente brilhantes.
Fruto de momentos profundos, de quem nem todos se podem gabar.


Eu: Mas então? Eu sou Ouro, prata, bronze? Há dias em que me vejo como Latão mesmo. Resultado de namorar com um gajo de C.
Ele: Filha, joia como tu não merece bijuteria.
- - -

Eu: (indignada) Eu não ando para aí a mostrar o meu PIN a ninguém. Ele é que é um oferecido.
Ela: Já agora, pede ao senhor para veres o cone
.
- - -

Eu: Hoje punha o café de lado.
Ele2: Eu apetece-me chocolate.

Eu: Eu é mais gomas, pipocas. Com ginginha, caipirinha, Safari cola.
Ele2: Eu gosto de ginginha.
Eu: Eu AMO ginginha. A A. até já me disse que graças a mim iam mudar a lenda da Rainha Santa.
Ele2: Mas porquê a Rainha bebia ginginha?

Et voilá...!
Garanto que amigos destes não estão para venda.
São meus! Só meus!!!

20 June, 2009

Someone that cannot love - David Fonseca

You locked your heart
You wake up with tears and
stars in your eyes
You gave it all to someone that
Cannot love you back

Your days are packed
With wishes and hopes for the

love that you've got
You waste it all to someone that
Cannot love you back

Someone that cannot love

Love, ain't this enough?

You push yourself down
You try to take comfort in words
But words
They cannot love
Don't waste them like that
Cus they'll bruise you more


You secretly made
Castles of sand that you

hide in the shade
But you cannot own the
tides that break them
And you build them all over again

You talk all these words
You make conversations
that cannot be heard
How long until you notice that
No one is answering back

Someone that cannot love

Love, aint this enough?
You push yourself down
You try to take comfort in words
But words
They cannot love
Don't waste them like that
Cus they'll bruise you more

Love, love, ain't this enough
This pushing around
To find little comfort in words
But words
They cannot love
Don't waste them like that
Cus they'll bruise you more

You know they'll bruise you more
Words they will hurt you more


This week I had to and got to think and study myself - for real, with scientif rules and guide lines.
I guess the crossing of the stars do not fall into mistakes and till the end of the month I reallyhad to re-test myself like you've told me one day.
The funny thing is that that didn't scare me. It felt good. Like now I kinda know myself... like that is possible.
And then, this morning, I heard this. When David speaks like this I always find myself nodding a bit affraid.
I guess that's the final score of my "testting" right now... a big junction of doubts and echoing words... mine and others.

17 June, 2009

She couldn't see past all the Darkness - wether in the room or inside her - that night.
Like a Summer fire (born slowly, from an intense heat wave) the mental riot started small, weak and escalated to the porpotion of a Sea of tears.
Like few times before, she found herself confronted with her doubts and fears without being able to stop. Stop questioning everything. As that overcomes the personal doubt. This encounter was made of dreams, feelings, words and memories, with the special twist of surprise.
So she lied there crying, with echos and threads (or are they threats?) of Past days as companions; in a room once full of Love and laughter she could only think of the black tick Darkness around her and the unexpected salty stream in her face.
And as the hours built on top of each other, one small, simple sentence - she almost couldn't recall anymore - stood:

"I'll be yours as long as you are mine."

And for the first time since those words came out from her fingertips, she understood that that was exactly what happened. It all started and ended as the whim it was, by the hands of its creator.
Then, slowly and painfully she was returned to her reality, accepting yet another piece of the (apparently) neverending jigsaw, gave into the bright blackness of the room and fell asleep.

12 June, 2009

Well... you've found it - what ever it is! ;)

Há uns meses, segui a "moda" e também coloquei um tracker aqui no cantinho.
Por um lado, por reparar nas pérolas com que os visitantes encontravam alguns dos mundos que eu espreito também; por outro, porque sou uma curiosa e queria ver se o meu cantinho também seria razão para arrancar umas quantas gargalhadas aos mais incautos.
Por isso, em dia de aniversário aqui do cantinho - pois é, já vão 7 meses! e logo eu, que achava que todos estes thoughts eram desvario com fim marcado?! - apresento-vos a lista (director's cut) de razões para (novas) visitas... esperemos que cumpra os "vossos" parâmetros de pesquisa:

- Smile: Pois é... que outra palavra seria a bandeira estandarte deste blogue? Alguém tinha dúvidas?... Sendo eu uma viciada e uma acérrima advogada da causa de "mostrar a cremalheira"?

- unleash your thoughts: Aaaah pois é! Até já tenho hits directos... fãs loucos (um bocadinho de leash quanto à loucura, ok?) à minha procura!!! Ou então não... vieram ao engano, 'taditos. Espero que não tenham ficado zangados ou desiludidos com o resultado. Garanto que para a próxima o Google faz melhor, ok? Eu vou ter uma conversinha com ele, garanto!

- fast and furious 4 fenix quotes path of tunnels: Esta nem eu percebi! Alguém quer tentar explicar ou desenvolver teorias da perseguição para este exemplo? Estão à vontade, mesmo! :S

-
how to translate the portuguese expression "bater no fundo": Ou seja... o meu cantinho já serve de prontuário internacional. I AM INTERNATIONALLY KNOWN... vou dominar o mundo!... MUAHAhah!... ou talvez não... Será que ao menos iluminei a mente do senhor e respondi à pergunta? Não me parece... moving on!

-
o que mudou de 1985 a 2009: Esta é fácil. Digam todos comigo: Muita coisa! Por exemplo, eu nasci, Portugal entrou para a União Europeia, o Sócrates conseguiu governar o país (juizos de valor é favor ficarem na caixa de comentários), o José Cid rendeu-se à beleza e lado prático dos capachinhos e eu continuo à espera que o S.L Benfica mande o Quique para casa... Chega? Para mais informações... pergunte o mesmo ao Google ou ao "Ask Jeeves", ok?

-
penguin cold: Estas search keywords são o triunfo do óbvio, digo eu. Ou sou só eu que acho que pinguins, realmente, estão onde o tempo é mais fresquito e não aqui? Até está para chegar o Verão e tudo...

-
tempos verbais em russo: Não sei nenhum... eu cá só português, inglês, francês, alemão e espanhol. Mas acho que vou usar esta frasezinha como search keyword a ver se venho aqui parar... ao menos é mais uma visitinha, não?

- www.ruidrumond.blogspot.com: Pois... não é aqui. Lamento informar. Quer dizer... eu adoro o rapaz, mesmo! Por mim, ele até estava aqui, no meu cantinho, só comigo e para mim. Com aquela voz e aquela carinha... upa, upa! Mas - AINDA! - não. Voltem cá num próximo aniversário a ver se, por acaso (só por acaso...), a situação não mudou entretanto, sim? De qualquer forma, todo e qualquer fã do Ruizinho é bem-vindo... ;)

E pensar que através dos fabulosos motores de busca e estas, entre algumas outras, palavras... mais de 200 pessoas chegaram até aqui... =)

10 June, 2009

... around here:
Having loads of fun... surrounded by lots and lots of Love... probably smiling and laughing like a crazy person and quotting, drooling and tearing over:



and...








And we'll get (part of) the time we need and deserve =)

07 June, 2009

You know you're taking steps back when you see yourself slipping back to some "bad habits".

I know I've lived something out of my usual self, my normal track - me momory and the calendar remind me that everyday. I know that Life doesn't change from day to night in a split second - that only happens in movies and with a beautiful fade out-fade in movement...
Yeah... I know that couldn't happen again... nor am I looking for it.

I know that History doesn't repeat itself... but I see myself reliving past days, only with different people. And the knowledge of what went wrong. Will that help me? Really?
You can't be mine. You're just a bunch of words. You're a flirt.
I could have had you, I dream of you, but can't really live up to you.
You're the bitter-sweet taste of something gone wrong and I won't cry that again.
Now that you have the smallest, easiest, smiley part of the truth, you'll hold back.

I'm better mourning... most of all now... that I have something "real" to mourn about.
I guess I'm back...

05 June, 2009

Se eu fosse ritmo e palavras...

Vanessa da Mata - Não me deixe só

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...(2x)

Não me deixe só
Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os olhos mudem de cor...

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...

Não me deixe só
Que o meu destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero de amor...

Fique mais
Que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem...

Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa
Sou macumbeira
Eu sou de paz
Eu sou do bem, mas...

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...(2x)

Ah ah! Ah ah ah ah ah aah!
Ah ah! Ah ah ah ah ah aah!
Ah ah! Ah ah ah ah ah aah!
Ah ah!

Fique mais,
Que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem...

Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa
Sou macumbeira
Eu sou de paz
Eu sou do bem, mas...

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...

Mas do Bem... cada vez mais do Bem. Isso eu sei.

01 June, 2009

It has been a few days since I've checked my e-mail box.
But the Universe is a wonderful thing and it presents me with beautiful, wonderful, amazing people...
So... I opened up an e-mail from someone I really Love and it just said this:

"I am no one special. Just a common man with common thoughts. And I've led a common life. There are no monuments dedicated to me and my name will soon be forgotten. But in one respect, I have succeeded as gloriously as anyone who's ever lived. I've loved another with all my heart and soul, and for me, that has always been enough."


I think that quote is fantastic, and I thought of you on the spot when I saw it.

Love you!


Although I replied that she only saw herself reflected in me... as it is me who learn from her and her joie de vivre, everyday! I can not help myself but feeling proud... just let me shine and sparkle! =)
Thank you Amanda, a pure and simple thank you from the bottom of my heart.
You turned me into Light... in a way I haven't felt in days...
<3

*and you too my thoughtful Louis... as I'd forget you...
 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.