21 April, 2011

Hoje achei que devia passar por aqui...

Porquê hoje? Porque parece 6ª feira - não que isso faça muita diferença na minha vida actual... 
Porque reparei que estou a deixar este cantinho ao abandono, como quando fugia dele...
Porque hoje fazias 81 anos...
Porque esta semana foi de tudo e nada e eu tenho que desabafar as lágrimas e largar um pouco da dor e do veneno para não assustar os outros - cá fora.

Comecei a semana a sentir que tinha tudo, um mundo, a mudança nas mãos.
Voltei a onde fui feliz, olhei para todos os recantos e revi-me e senti-me. E percebi que afinal não, não posso lá ficar. Será sempre a home away from home. [Talvez resquícios de uma vida passada?]
Sabem a sensação de ter tudo a fugir.nos das mãos?
Fiz toda a viagem de regresso com a calma que não tive antes - isso devia ser positivo, certo?
Para regressar e saber que afinal o meu lugar é aqui. Acho que nunca me senti tão presa, tão desconsolada com o meu próprio lugar.
Vejo os golpes de mestre, os moving on with life, as little breaks. E duvido de mim. Revolto-me contra o oco das falsas oportunidades vestidas de favorzinhos.
Porque não posso, não me deixam. E os sonhos morrem. Ou eu tenho que os começar a ver só como sonhos e não como planos.

Doi-me a saudade de ti, meu avô, do teu orgulho declarado, de achar que a força da tua crença me faria mudar o mundo, ou pelo  menos, o meu mundo. Porque foi assim que me educaste. A acreditar no poder da sabedoria, do conhecimento, de todas as coisas na vida. Porque todos haveriam de ver o que tu vias. A tua grande costela de sonhador, qual tua Eva - feita de uma parte de ti.

Doi-me ver que me perdi, que não levo o mundo à frente como mostrei aos outros desde pequena. Que por amor, por respeito, por medo conheci o lado negro da manipulação e me conformei. Deixei de me sentir guerreira. Agora apenas bramo a espada em todas as direcções para não sofrer maior ataque.

Vivi uma semana de tudo e acabei com o de sempre, o pouco de todos os dias.

5 thoughts unleashed:

pinguim said...

Uma palavra amiga para ti, por causa das saudades da tua Avó...

Eva Gonçalves said...

Já não lia um texto tão "teu", como este, há algum tempo... izzie, és a mesma guerreira, só estás a recuperar forças, para enfrentar o que sabes , possivelmente, ainda virá. Todos os guerreiros, descansam, têm medos, duvidam, recuam... se vieste do tal lugar mais calma, já foi bom... e se estás aqui a partilhar isso connosco, também é bom... acredita. O teu avô também moldou as tuas armas querida e não o decepcionaste de certeza absoluta... Mas decepciono-me, dirás... não... questionas-te e cresces e cada dia, mesmo que não pareça, ficas mais forte! Um grande beijinho e a melhor Páscoa possível para ti e a tua família. :)XX
beloved therapist

eueuemaiseu said...

q giro, o teu avô fazia anos no mesmo dia q eu:)
um beijinho

Daniel Silva (Lobinho) said...

Uma Pàscoa Feliz com muitos ovos de chocolate, amêndoas docinhas e coelhinhos fofos :)

Fê-blue bird said...

O meu beijinho carinhoso, pode ser que te ajude a superar a tua dor.

 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.