03 December, 2010

Sim, eu sei que está frio.
Que o gelo já dura. E que hoje vai piorar e que, pelos vistos, amanhã o Sol foge para se esconder outra vez.

Sim, eu sei que os meus dedos gelam, todas as manhãs, a caminho do metro.
O rosto cora. O calor do corpo entra em conflito com a brisa que me rodeia.
De luvas, casaco e boina.

Sim, eu sei tudo isso.
Que há quem se queixe das mãos, dos dedinhos em cubo ártico.
Quem dê as boas-vindas ao sofá, à manta, ao chá.

Eu alegro-me com o frio lá fora.
Alegro-me com o aproximar do Natal, da aletria, do aquecedor.
Alegro-me com as palavras de quem não me falha, de quem não me surpreendeu, porque são positivos, porque estão comigo todos os dias. A certeza é uma coisa boa.

Só tenho medo... que o frio tome conta de mim, da minha família, do Natal este ano.
Já não tenho 9 anos para acreditar que és rainha. Já não tenho 20 anos para achar que és a mulher mais forte do mundo e te vais safar sempre.
Tenho medo e por isso, torno-me gelada.

4 thoughts unleashed:

Margarida said...

Acredita sempre, não deixes que o teu coração gele, não te tornes gelada por algo que não o é... Não tens mais 9 anos, mas ela continua a ser rainha, quer queiras, quer não, não tens mais 20 anos, mas, ainda assim, sabes que ali há muita força...

um beijo muito grande...
e um sorriso.. quentinho :)

Daniel Silva (Lobinho) said...

Bonito texto. Mas sabes, somos sempre o que quisermos. Sempre. Basta querermos. É a varinha de condão interior. Abana-la? Então és :)

Beijinhos

Anniiee said...

O calor do amor torna-nos quente ;)

eueuemaiseu said...

as mães são SEMPRE as pessoas mais fortes do mundo. faz parte do requisito de ser mãe. e a tua vai provar-te novamente que é SUPER forte.

 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.