13 December, 2010

Este fim-de-semana foi difícil.

A notícia de como vai ser o tratamento, os prazos, a vida on hold.

Fui assolada de pesadelos, todas as manhãs acordei sufocada.
Fui apontada e acusada por pessoas que me conhecem há quase 15 anos, por manter o meu passo, apesar do coração apertado.

Este fim-de-semana senti-me drogada, envolta por um véu. Como nos tempos idos em que recorri a fármacos para sobreviver.
A diferença?
É que agora não estou a recorrer a nada.
O meu corpo arrasta-se, cansado. Os meus olhos choram. E eu sinto mas não consigo viver o que sinto.
Qual sonâmbula pela cidade, pelos dias.

Estou neste momento a chorar copiosamente no meu Gabinete, a aproveitar que ainda estou sozinha.
Não percebo como posso estar assim, já tão cansada, irritada, arisca, amedrontada, se a verdadeira luta ainda não começou.

Hoje dois grandes amigos, dois apoios festejam o seu aniversário.
Sorrio por eles mas receio não conseguir sentir o dia.
E eles merecem.
Mas a irritação e a revolta vencem-me.

9 thoughts unleashed:

AVOGI said...

não fiques assim!! a tua mãe precisa do teu apoio e da tua força
por favor arriba esses olhos e esse corpo
kis :=(

Ana said...

Força! Sei bem que não é fácil lidar com isso, mas a tua mãe vai precisar da tua coragem.

Bjs

anf said...

Oh Querida,
força, tens de arranjar para ti e para dar,
chorar faz bem alivia,
bjo

anf said...

Oh Querida,
força, tens de arranjar para ti e para dar,
chorar faz bem alivia,
bjo

Poetic GIRL said...

Oh minha querida tens que ter coragem, eu sei que é fácil dar-se conselhos, mas neste momento entrares em desespero não ajuda! bjs

Mariana marciana said...

Oh izzie, sabes o salgueiro que verga para não partir?? Nós também somos assim, às vezes temos que nos render às emoções, esvaziar o saco...Tiveste um fim-se-semana difícil, hoje estás de ressaca...
Quando a luta a sério (re)começar, tu sabes tão bem como eu que vais lá estar, na primeira fila, a desfiar ventos e marés.
Chora, grita, berra. não deixes que essas "pequenisses" ocupem o espaço que precisas para a coragem. Não te deixes rachar por estares cheia de desespero, deixa-o fluir, esgotar-se...
A big hug (and a smile for some other day)

Eli said...

Não te esqueças que não vale a pena chorar. Chora, sim, mas apenas quando for inevitável. Acredita que sendo o choro um hábito, mais difícil será viver sem recorrer a ele. Força. Eu não sei nada. Eu apenas sou mais uma.

Boa noite para ti...

Eli

pinguim said...

Tu não te podes ir abaixo num momento destes; sei que é fácil falar de fora, mas tens que ser suficiente forte para dar força a quem precisa mais ainda que tu.

eueuemaiseu said...

Um beijo meu anjo. porque não sei meso o que dizer.

 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.