12 October, 2010

E entras na sala.
E a minha imagem (mental) é outra. E as tuas palavras (recordadas) outras ainda.
E o teu cheiro fica no ar.
E eu sei que é segredo e que é só nosso, como num universo paralelo.

És from moment one. Desde aí que acertei no que pensei.
Penso tão bem, sinto tanto. E não sei lidar com isso.
Morro de medo, pena, saudade. Não sei o que comecei. É que não sei mesmo.
O que vai ser de mim?
Dos sonhos e da vontade?
Fomos só isso?... E agora somos dia-a-dia. E no dia-a-dia, só isso?

Eras brincadeira entre amigos, areia demais para a minha camionete. Tanto que todos brincam e nem imaginam. Agora és teasing tenso e pedido descoordenado que me apanha de surpresa, és quem analiso e espero. És toque e foge. És jogo sujo. És fazer-te esperar. És e mostras vontade.
Que figurinha acabo eu a fazer, com esta idade; tudo pela forma como lanço as redes...

Graças ao segredo tenho que viver e limitar-me a aceitar que apenas estamos vivos nos olhos um do outro.
E entras na sala e o teu cheiro fica no ar. E em mim.

Gosto de reconhecer os meus homens pelo cheiro. Sempre gostei.
És mais que gosto, és a um passo do vício...
 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.