27 October, 2010

Incrível como tenho as maiores conversas, as melhores, em que digo tudo, em que o meu humor e witty charm estão em alta... quando apenas te imagino.
Brinco, innuendo, mostro, sem mostrar demais. No jogo, que, já devia saber, não me costuma correr assim tão bem. E na minha mente só olhas. Ouves.

E depois, lá fora, não te vejo.
E depois, lá fora, outros tentam outra vez.
E eu vejo, que pela 2ª vez neste ano, me deixo ficar calada, sem pedir resposta.
E depois, lá fora, vejo, triste, quem já cometeu o meu erro.

Nem isso me chega para libertar as palavras. Para aloucar. O medo do não é maior que eu - mas... também, eu sou pequenina...

Sobra-me o aperto no peito.

1 thoughts unleashed:

anf said...

Psso ser a intermediária, se quiseres,
embora acho que tens de ser tu,
ganha coragem para ficares aliviada, para esse aperto desapertar, podes perder por um lado mas podes ganhar, de uma forma ou de outra ganhas sempre mais,
Obrigada pela disponibilidade,
obrigada por tudo,
bjo

 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.