25 November, 2008

Já repararam como a vida mais do que uma sucessão de dias está marcada por datas?... Parece parvo, mas para mim datas são mais que dias, quase como um upgrade. Porque ficam na memória, quase como tatuagens.
Talvez porque não esteja no meu melhor olho para o meu "calendário" e sinto-o vazio, como se faltassem aqueles pequenos círculos nos meses, que mostram que se fez algo na vida.
Porque me sinto em baixo torna-se muito mais fácil e simples e muito menos cansativo reparar que a maioria, especialmente de há 7 anos para cá são datas a esquecer. Desilusões, humilhações, más interpretações, sonhos perdidos.
Claro que também tenho o meu oásis no meio do deserto... 2003. Sorrio, de lágrimas nos olhos ao relembrar a leveza dos dias... e um certo verso do post anterior baila-me na memória.
De resto?... Sabem todas aquelas datas que pensamos sentir como especiais, como o início de uma nova etapa, o re-inventar de um novo "eu"?... Uma após outra, por isto ou por aquilo... esfumaram-se, transformaram-se em ilusões amargas porque provaram ser mais um engano.

Hoje, sou feita de datas perdidas. Sinto-as presas no peito a oprimir palavras e sentimentos, a impedir-me de viver.

Maio de '95. Julho de '95. Agosto de '98. Novembro de 2000. 02.12.2001. Setembro de 2002. Dezembro de 2002. 07-13.04.2003. 12.06.2003. 23.09.2003. 18.10.2003. 23.11.2003. Dezembro de 2003. Fevereiro de 2004. Maio de 2004. 20.09.2005. 09.09.2006. 01.03.-29.06.07. 31.07.2007. Jeneiro de 2008. 06.02.2008. 13.06.2008. 20.10.2008.

Por tudo, por nada... pelo que foi e pelo que poderia ter sido.

0 thoughts unleashed:

 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.