27 March, 2009

O que fazer quando... as palavras nos faltam, mas alguém as escreve maravilhosamente por nós? Qual espelho, qual momento paranormal?

Meet Cherry Blossom Girl! Se quarta-feira foi uma noite bloggistica para (quase) esquecer... a de hoje valeu toda a pena.
Ora bem não é plágio... e nem o texto está completo... por isso façam o favor (atrevo-me a dizer a honra!) de ir ler os textos que por lá habitam nos arquivos, ok?

Eu só quero ser eu própria, a espécie em extinção, dar a volta, porque tanto sou a rosa como o espinho, tanto o mar como a sede. Não dou o perfil, nem de tacões, não encaixo em nada, nem quero, antes era um anjo, agora um vulcão, o contacto ao coração faz-se directo, o entrar em erupção é inevitável. Nunca aprendi a ser boa actriz, nem a por as cartas em cima da mesa, máscaras para quê? Tanto tempo a esconder-me até encontrar quem goste de mim tal como sou. Irreverente, só quero ser como sou. [...]
Eu quero esquecer mas não sou capaz, o passado não me deixa em paz… [...]
Eu quero ser eu, viver à minha maneira, das rosas os espinhos, tão meiga como vingativa, a minha vida faço-a eu, talvez nunca da melhor forma, mas sim da minha forma, que para mim será sempre a melhor. Abrir caminho entre tantas contradições nunca será matéria fácil, mas afinal quem é que gosta de coisas fáceis? Chego ao fim do caminho, chego ao fim da luta, ninguém me pergunta se está tudo bem, comigo nunca está tudo bem, sou eterna incompleta, mas ao menos, sou como sou. Quem se interessa pelo que digo ou faço? Alma descartável a minha… E o destino atrás da minha pele. [...]
Vou-me sempre embora, embora a lado nenhum, a minha vida funciona com um motor avariado e até um relógio parado está mais vezes certo do que eu…

Worthy... completly!

6 thoughts unleashed:

Fênix said...

Minha querida amiga!! :)

Bom visitar-te, bom te sentir assim :)

A menina Cherry Blossom Girl, que tive o prazer de conhecer, é alem de uma pessoa simpática uma futura grande escritora....


Um beijo e sabes onde me encontrar :)

Castiel said...

Prefiro ser eu propria e ficar sozinha no mundo do que me submeter a falsidades para parecer bem. Fico contente que sejas assim também, não esperava outra coisa de uma mulher fantastica como tu.

Anna Liffen said...

I need to work on my Portuguese, but the photo is beautiful!

Anna
x

izzie said...

Bruno: Que saudades! :)
As tuas visitas fazem falta... E o mesmo te digo... sabes como me contactar!
Não é que tu conheces sempre quem vale a pena ;)
Beijinhos,

Subditi: Foi exactamente isso que este texto me fez lembrar! E sentir! Por isso o trouxe 'ipsis verbis' para o meu cantinho...
Quanto ao resto das palavras que me dedicas... obrigada... acredito agora mais nelas... mas também sei que são os teus olhos.

izzie said...

Anna: Work on your portuguese? You understand any of my mambo jambo? LOOOL
If yes... YUPI! If not... feel free to e-mail me... I'll get you in on the topic! ;)

Espelho meu said...

"Vou-me sempre embora, embora a lado nenhum (...)"

Brilhante pensamento, e não poderia concordar mais com ele, pois quantos são os momentos em que isso acontece...talvez mais do que deviam, mas mesmo quando não temos rumo, chegamos a algum lado, e quem sabe ao caminho que sempre procurámos... :)

Vim retribuir a visita e devo dizer-te que já percebi o "paralelismo"! :D

Gostei do cantinho e vou voltar!

Grande beijinho*

 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.