16 March, 2009


Sinto a tua dor
Revivo a minha.
Sorrio as tuas vitórias
Enquanto as minhas parecem escassas.

Incrível como já o viste
E agora és "cego".
Incrível como afirmava
E agora tropeço - "pago" pelo que disse, com todas as certezas.

É passado.
Sou Presente.
Volto a aceitar o Futuro.

Incrível como a vida está mais repleta e colorida.
Como dou os passos que ansiava.
Como me sei acompanhada e compreendida.
Atrevo-me a dizer, Feliz,
À minha maneira.

4 thoughts unleashed:

Ianita said...

O medo é normal... temos é que aprender a viver apesar dele, com ele... aí está a felicidade, se nos atrevermos a viver, mesmo quando temos medo.

Kiss

Hélio said...

Já uma vez o disse e repito-o: há alturas em que não podemos estar semrpe a olhar para o Sol e temos d desviar o olhar, senão a retina, puf!, vai-se! :) Mas rapidamente nos cansamos da sombra e queremos voltar ao calor... o calor ja o sinto na cara (e nao é o meteorologico) e é me dado peloi mais perfeito dos seres e a mais perfeita das fontes: TU e o Amor.

All my Heart, Love and Self,

Otário said...

EI! Visita-me em Blog-do-Otario

e dá a tua opinião na votação!

BlogDoOtario,
todas as Segundas às 15h15 uma nova rubrica!

Nunca a Segunda soube tão bem!

http://blog-do-otario.blogspot.com

izzie said...

Ianita: Realmente... resumiste a essência do evoluir enquanto pessoas... mas há dias em que as palavras nos escapam... foi o que aconteceu.
Beijo

My One: Mais uma vez trazes a noção do Equilibrio, palavra (ainda bem!) cada vez mais presente...
O resto posso apenas exprimir... speechless, yet again =D
Yours... as you have all of Me,

Otário: Ai tu queres ver ele a usar a minha caixinha pa publicidade ;)
Tu não uses Homem, tu abusa =)
Lá estarei...

 
Copyright (c) 2010 Unleash your thoughts.... Design by Wordpress Themes.

Themes Lovers, Download Blogger Templates And Blogger Templates.